A Febre do Ouro

A FEBRE DO OURO T8

OS MINEIROS DE KLONDIKE REGRESSAM EM PÉ DE GUERRA PARA A NOVA TEMPORADA DE "A FEBRE DO OURO"

 

Mineiros em guerra, novas máquinas monstruosas e emocionantes desafios regressam ao Discovery Channel a 19 de novembro às 21 horas com a estreia da nova temporada de "A Febre do Ouro". As equipas de Hoffman, Schnabel e Beets estão dispostas a ir ao limite para verem quem consegue extrair a maior quantidade do precioso metal. Quem será o vencedor do prémio final? 


Os mineiros de Klondike estão de regresso para mais um ano de trabalho árduo no DIscovery Channel. Mas a rivalidade entre as diferentes equipas que extraem o ouro é cada vez mais feroz e a competição nunca se assemelhou tanto a uma guerra. Nos novos episódios de "A Febre do Ouro", que estreiam a 19 de novembro, veremos como Todd Hoffman e Parker Schnabel fazem uma arriscada aposta: quem conseguir extrair menos ouro no fim da temporada terá de pagar ao outro 100 onças (quase três quilos) de ouro, com um valor de mais de 100 mil dólares. Mas a guerra ainda agora começou...

 

A aposta é demasiado arriscada para Hoffman, especialmente depois do desastre da temporada passada, em que se propôs a conseguir 5 mil onças (142 quilos) e acabou por ficar bem abaixo dessa meta. Mas o veterano não baixa os braços. Mudou-se, juntamente com a equipa, para o Colorado, onde deu as boas vindas a novos mineiros: o pai, Jack e o filho de 18 anos, Hunter. Com a colaboração da família, vai tentar algo que até agora nunca foi conseguido: ter três frentes de exploração de ouro ao mesmo tempo.

 

Entretanto, em Klondike, Schnabel reúne-se com a equipa e trata de a motivar, contando-lhes a aposta que fez com Hoffman. Mas esta não será a única batalha que terá de travar esta temporada, já que o jovem mineiro pretende livrar-se do pagamento anual que tem de fazer ao dono da exploração, Tony Beets, conhecido como o "Viking" e que em quatro anos cobrou a Schnabel 2,3 milhões de dólares.

 

Beets também regressou à ação e continua obcecado com as dragas, as enormes máquinas que têm sido também protagonistas da série. No ano passado, o plano de ressuscitar uma draga com 75 anos não deu resultado. Mas o "Viking" nunca desiste. Este ano pretende convencer o lendário chefe dos mineiros, Sheamus Christie, para que o ajude a por em funcionamento uma draga de 500 toneladas.

 

As novas chegadas, as falhas inesperadas das equipas e a tremenda rivalidade entre os mineiros serão de novo as grandes protagonistas de "A Febre do Ouro", que a cada semana levarão os valentes garimpeiros ao limite para demonstrar quem é o melhor.

 

"A Febre do Ouro" estreia a nova temporada a 19 de novembro às 21 horas.