EVENTO PROMOVIDO PELO DISCOVERY E PELA NOS

O D-DAY contou com a participação de 600 concorrentes, de todas as idades e de várias zonas do país e com cerca de 3000 inscritos no site discoveryday.pt Os participantes percorreram cerca de 4800 quilómetros durante as três horas de duração da prova O evento contou com a participação dos atores Jorge Corrula e Rui Porto Nunes

Lisboa vestiu-se do espírito Discovery este domingo, para acolher o D-DAY, uma iniciativa do Discovery e da NOS, que transformou a cidade numa gigantesca plataforma de jogo.

O evento, que aliou a tecnologia aos conceitos do Universo Discovery, contou com participação de 600 pessoas, de todo o país, e perto de 3000 inscritos no site discoveryday.pt. Os concorrentes percorreram em média 8 quilómetros nas três horas de jogo, o que somado significa que as seis centenas de pessoas caminharam 4800 quilómetros, qualquer coisa como uma viagem de ida e volta de Lisboa a Copenhaga.

Com um smartphone na mão e seguindo as indicações da app D-DAY, criada especificamente para o evento, as 173 equipas participantes formaram uma impressionante mancha humana, pelas ruas do centro da capital, em busca de pontos de geolocalização, respondendo a perguntas e à procura do “el dorado” do jogo: as experiências.

Pilotar um tubarão voador numa das mais importantes e bonitas bibliotecas de Portugal, comer insectos, operar maquinaria pesada, disparar uma besta ou conduzir um carro “louco”, estes foram alguns dos desafios que os participantes tiveram a oportunidade de experimentar, levando às ruas de Lisboa um pouco dos conteúdos do Discovery Channel, numa vivência na primeira pessoa.

“O D-DAY foi um desafio único que transformou Lisboa numa enorme plataforma digital interativa, através de uma experiência transmedia. Juntamente com a NOS, quisemos levar o espírito Discovery muito para além do canal de televisão, como se os participantes fossem os protagonistas dos programas do canal, com curiosidade, inteligência e, hoje especialmente, com engenho e rapidez”, referiu Elena Hermosilla, diretora ibérica de Marketing e Comunicação da Discovery Networks.

“Estamos muito satisfeitos pelo grau de adesão dos portugueses a este desafio e por mais uma parceria de sucesso da NOS com o canal Discovery na cidade de Lisboa. Junto temos o espírito inovador e de aventura que caracterizam a NOS, o operador líder em pay TV, e um canal que nos leva nas mais entusiasmantes viagens pelo mundo” afirma Alexandre Martins, diretor de produto fixo da NOS;

Entre os 600 participantes estiveram Rui Porto Nunes e Jorge Corrula, figuras públicas que são embaixadores da NOS e que não hesitaram em aceitar o desafio.

“O D-DAY foi um dos melhores eventos em que já estive em Lisboa. Foi uma espécie de rally turístico, lúdico e desportivo e uma outra forma de descobrir a cidade. Uma experiência fantástica!”, revelou Jorge Corrula, entusiasmado por participar.

“Foi um domingo diferente, muito divertido e muito dinâmico. Espero estar de novo na próxima edição para lutar pela vitória. Este ano estivemos só a aprender, para a próxima viremos com uma experiência e uma visão diferentes, por isso: é para ganhar!”, disse Rui Porto Nunes, no final do evento.

Apesar de terem participado no evento pessoas de todo o país, os vencedores vieram de Lisboa. O casal Ana Rolão e Nuno Gomes conquistou o primeiro prémio e voltou a subir ao pódio, depois de já ter sido segundo classificado em 2013, na primeira edição do D-DAY. Ana e Nuno fizeram todo o desafio a pé, em passo de corrida e o esforço compensou. O prémio foram Iphones X, para além da oferta de seis mensalidades de um pacote de serviços com televisão da NOS.

“Esta segunda edição superou as expetativas. Gostámos muito da experiência e da área onde decorreu o jogo. Foi uma boa aposta colocar no desafio alguns dos locais mais bonitos e icónicos da cidade, como a Biblioteca da Academia de Ciências. Uma das experiências de que mais gostámos foi o ‘Mind Control’, onde pudemos usar o poder mental e de concentração para fazer mover objetos”, revelaram os vencedores no final da prova.

A NOS e o canal Discovery contam com um histórico de sucesso de ações exclusivas desenvolvidas em conjunto, que já envolveram milhares de participantes ao longo dos anos. Depois da primeira edição do D-Day em 2013, lançaram a Klondike – Caça ao Ouro, onde as equipas procuraram a cobiçada barra de ouro maciça escondida em Lisboa. No ano seguinte foi a vez da corrida mais emblemática de sempre, o Lisbon Underground, uma corrida noturna nos carris do metropolitano de Lisboa, que despertou grandes emoções e contou com a presença de Nelson Évora.

SEGYE-NOS!